Saiba como receber da Telexfree antes da decisão da Justiça

Com a decisão do Tribunal de Justiça do Acre de bloquear as contas da Telexfree, milhares de divulgadores estão sem receber seus pagamentos. Independente da Telexfree ser uma pirâmide, ou não, as pessoas precisam do dinheiro que investiram. Existem maneiras de tentar receber antes da decisão definitiva da justiça.

Mas não se engane, você não terá lucro algum: com sorte receberá apenas o dinheiro que investiu. Os donos da Telexfree tentaram desviar R$ 88 milhões para contas que não pertenciam à empresa. Por sorte esse dinheiro foi recuperado pois é ele que será usado para pagar aos divulgadores – estima-se entre 450 e 600 mil pessoas.

O fundamental para receber da Telexfree antes da decisão da Justiça é conseguir comprovar que investiu nela e que precisa do dinheiro por estar passando dificuldades financeiras sem ele.

Veja o passo-a-passo para receber da Telexfree antes da decisão da Justiça :



  1.  Não jogue fora nenhum papel ou documento, principalmente o boleto em que pagou a adesão;
  2. Imprima todas as telas do seu Back Office da Telexfree pois elas serão importantes para comprovar o papel de divulgador;
  3.  Registre uma denúncia na delegacia de polícia de crime contra a economia popular praticado pela Telexfree (Inciso IX, art. 2o. da Lei 1521/51);
  4.  De posse dos documentos, cópia da tela do seu Back Office e da denúncia procure a Defensoria Pública do seu Estado;
  5. Você precisará falar como o defensor sobre para que ele entre com um recurso pedindo a liberação do dinheiro que você investiu na Telexfree devido a estar passando uma situação financeira difícil.
Figura mostrando o site fora do ar da Telexfree

Telexfree deixou milhares de pessoas com suas economias arruinadas

O caminho acima é que individualmente cada divulgador que precisa do dinheiro deve fazer para tentar receber da Telexfree antes da decisão da Justiça do Acre.

Ao mesmo tempo as promotorias de Defesa do Consumidor, de Defesa dos Direitos Humanos e do Grupo de Combate ao Crime Organizado (Gaeco),  do Ministério Público do Acre, ajuizaram ação que propõe ressarcimento dos divulgadores da Telexfree (Ympactus Comercial LTDA)

Nessa ação é pedido o ressarcimento aos divulgadores dos valores que eles investiram. Se houver saldo residual, ele deverá ser usado para pagar as bonificações que foram prometidas pela Telexfree.



O real problema da Telexfree

O divulgador não dever ter a esperança que, caso as contas sejam liberadas, tudo voltará a ser como antes. O Ministério Público Federal apontou que a Telexfree não é sustentável no longo prazo. Sem estarem entrando novos divulgadores a empresa não tem como pagar.

E caso a decisão da Justiça do Acre caia, o Ministério Público de pelo menos outros seis Estados deve pedir novamente o bloqueio das contas.

Os divulgadores prejudicados também não devem achar que a Telexfree está sendo perseguida. De boba ela não tem nada: aproveitando-se da desgraça alheia ela lança um kit, composto de boné, camiseta e adesivo cobranbdo nada menos do que US$ 37,90 (quase R$ 84,00) dos mesmos divulgadores que estão sem receber.