Tabela Fipe – por que nunca conseguimos obter o preço dela

Quem precisa vender um carro usado muitas vezes se surpreende com a diferença entre o preço do modelo na tabela FIPE e das ofertas feitas por ele em feirões, lojas de usados e na troca por outro em uma concessionária de veículos 0 km.

Para entender o porquê de tanta diferença vamos dar uma explicação da tabela FIPE, de como ela é calculada e dos demais participantes do mercado de compra e venda de carros usados.

A tabela FIPE

A Tabela FIPE é uma tabela de referência para os preços médios dos veículos no mercado nacional. Seus dados são disponibilizados mensalmente após pesquisas de mercado da Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (FIPE), uma entidade de direito privado, sem fins lucrativos, criada em 1973 para apoiar o Departamento de Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (USP).



A tabela baseia-se em pesquisas de preços médios praticados em 24 estados brasileiros, descartando valores muito abaixo ou acima da média. Não aparecem nela diferenças regionais e, por isso, é comum que em alguns estados os preços médios de mercado estejam acima ou abaixo da tabela, em variações até maiores que 15%.

Imagem com o logotipo da FIPE

A tabela Fipe é de preços médios; ou seja, metade das vendas é feita abaixo e a outra metade acima dela.

Se você está vendendo ou comprando um carro, o ideal é pesquisar os preços praticados no mercado consultando sites de classificados de carros. Quase sempre essa é uma melhor alternativa, principalmente numa época de fortes oscilações de preços.

Como a tabela FIPE exibe preços médios, é importante lembrar que aproximadamente metade das transações envolvendo venda de veículos foi feitas abaixo dela e a outra metade acima. Não se esqueça desse detalhe quando algum comprador fizer uma oferta muita abaixo da tabela dizendo que os preços constantes nela são irreais.

Em relação aos preços, um modelo 0 k m é o veículo que será adquirido diretamente nas concessionárias. O valor exibido para o atual ano já reflete a desvalorização após a retirada da loja. É o que você obteria, por exemplo, se comprasse um veículo 0 km 2017, usasse-o e colocasse-o a venda nesse mesmo ano.

 

Os participantes do mercado de compra e venda de carros usados

Fora o vendedor, podemos apontar três outros “participantes” do mercado de compra e venda de carros usados: os feirões, as lojas de compra e venda de carros usados e as concessionária de veículos 0 km.

 

Feirões

Nos feirões, em geral, ocorre a negociação de pessoa física para pessoa física. Neles compradores interessados olham veículos usados, apontam defeitos e oferecem contrapropostas aos preços ofertados pelos vendedores.

Normalmente, obtêm-se preços mais próximos da tabela FIPE. Por outro lado, a venda demora mais e pode ser necessário levar o carro em diversos deles para obter uma boa proposta.



Lojas de compra e venda de carros usados

Já nas lojas de compra e venda de carros usados, a relação é com uma empresa que tem custos maiores e precisa ter lucro na diferença entre o preço de compra e venda do carro usado. Por isso, ela tenderá a jogar para baixo o preço do carro que está comprando e para cima o do que está vendendo para obter um lucro maior.

A vantagem sobre os feirões é que a venda é concretizada mais rapidamente. No entanto, velocidade tem custo. E ainda pode ser necessário ir a muitas lojas pois nem todas podem estar comprando carros no momento.

 

Concessionárias de veículos 0 km

As concessionárias de veículos 0 km também têm custos maiores e por isso, normalmente, irão pagar menos do que o preço obtido em um feirão. Por outro lado, ela pode dar desconto no veículo 0 km mediante a troca. Costuma-se dizer que quando pagam bem no usado, dão pouco desconto no 0 km e vice-versa. É necessário fazer a conta para ver se compensa dar o usado em troca mediante desconto no 0 km ou vendê-lo no feirão e usar o dinheiro obtido no pagamento.

Um exemplo numérico irá ilustrar o que falamos acima:

  • Honda FIT 2009: preço da tabela FIP em 2017 de R$ 22.000,00;
  • Contraproposta feita pelo mesmo carro em um feirão de R$ R$ 19.300,00
  • Avaliação do mesmo carro feita em uma loja de usados de R$ 15.500,00
  • Dando o mesmo carro em troca de um 0 Km em uma concessionária: R$ 17.000,00

 

O que fazer para vender seu carro usado pelo melhor preço

Para tomar a decisão de onde vender o carro usado e obter o melhor preço, vamos levar em conta apenas dois fatores: a pressa em receber o dinheiro e o tempo disponível para ofertá-lo.



Pouca pressa Média pressa Muita pressa
Pouco tempo Concessionárias Concessionária/ loja de usados Loja de usados/ concessionária
Médio tempo Feirões/ concessionárias Feirões/ concessionária Concessionária/ loja de usados
Muito tempo Feirões/ classificados Feirões/ concessionárias Loja de usados/ concessionárias